Te Esquecer... IMPOSSÍVEL...


Vai ser fácil esquecer você,
basta não olhar o céu,
não lembrar o mar,


Vai ser fácil esquecer você,
basta esconder a simpatia,
abandonar a ilusão,
mascarar a alegria,
viver na solidão,


Vai ser fácil esquecer você,
basta não lembrar o seu sorriso,
seu corpo molhado,
seu meigo olhar,


Vai ser fácil esquecer você,
basta de nada olhar... de nada lembrar,
não viver...nem amar
esquecer sua importância na minha existência,


Vai ser fácil esquecer você,
basta eu mesmo
Esquecer de mim.

 

 

Jamais esquecerei de você minha amada, minha boneca de porcelana, você está viva aqui dentro de mim para todo sempre e mesmo esquecendo de mim você continuaria a ocupar meu coração... para sempre querida... sempre...

 

Mamãe te ama muito!

:: Postado por Mamãe às 21h46
::
:: Enviar esta mensagem

 

Realmente essa música mexeu comigo da primeira vez que li a tradução... Será que passará?... momento eterno esse...

 

 

PARALISADA NUM MOMENTO QUE VOCÊ NÃO CONSEGUE SAIR
Tradução: Stuck In A Moment You Can't Get Out Of – U2


Eu não tenho medo
De nada nesse mundo
Não há nada que você possa me jogar na cara
Que eu já não tenho ouvido

Eu apenas tento encontrar
Uma melodia decente
Uma canção que eu possa cantar
Comigo mesmo

Eu nunca pensei que você fosse tola
Mas querida olhe para você
Você precisa se levantar direito
Carregar sua cruz
Essas lágrimas não vão te levar a nada baby

Você precisa dar a volta por cima
Você paralisou num momento
E agora não consegue sair disso

Não diga que depois ficará melhor
Agora você está paralisada num momento
E não consegue sair disso

Eu não abandonarei
As cores que você traz
As noites que você preenche
Com fogos de artifício
Eles te deixam sem nada

Eu ainda estou encantado
Com a luz que você me trouxe
Eu escutei pelos seus ouvidos
Através de seus olhos eu posso ver

E você é uma tola
Por se preocupar como você faz
Eu sei que é difícil
E nunca é suficiente
O que você não precisa agora
Minha, oh minha

Você precisa dar a volta por cima
Você paralisou num momento
E agora não consegue sair disso

Oh amor, olhe para você
Você se paralisou num momento
E não consegue sair disso

Eu estava inconsciente, meio adormecido
A água é morna
Até que você descubra o quanto é fundo

Eu não estava pulando
Para mim era uma queda
É um longo caminho para o nada absoluto

Você precisa dar a volta por cima
Você paralisou num momento
E agora não consegue sair disso

Não diga que depois ficará melhor
Agora você está paralisada num momento
E não consegue sair disso

E se a noite terminar
E se o dia não durar
E se nosso caminho estremecesse
Ao longo de uma passagem de pedras

E se a noite terminar
E se o dia não durar
E se nosso caminho estremecesse
Ao longo de uma passagem de pedras

É só um momento
Esse momento passará

:: Postado por Mamãe às 20h00
::
:: Enviar esta mensagem

Tristes 11 meses sem

Anjinha hoje nem sei mais o que escrever para você os meses estão passando bem rápido e hoje novamente já é seu mesversário, 11 meses... uma mocinha já... essas datas realmente são muito difíceis pois fico imaginando como estaríamos comemorando contigo... e como estaria... te imagino gorduchinha, clarinha, cabelos cacheados e castanho claros, será que seus olhos ficaria como o do papai?! Uma gatinha dos olhos verdes! Estaria andando? Falando as primeiras palavras... saudades desses momentos tão desejados... saudades de você... saudades do passado onde esteve comigo... saudades do futuro que teríamos juntas...

Não sei como consigo ficar sem você... acho que vivo ainda meio anestesiada, meio adormecida... as vezes acho que é tudo um grande pesadelo e acordarei com você chamando “mama” e tudo seria um sonho de vida... mas a realidade é dura e cruel! E nesses 11 meses sem você, marcou-me a alma que hoje chora por dentro de saudades, de amor...

Minha eterna bebê... você sempre viverá no coração da mamãe e do papai... sempre será nossa amada filhinha...

 

Amamos-te muito,

 

Mamãe e Papai

:: Postado por Mamãe às 08h09
::
:: Enviar esta mensagem

AUSÊNCIA FATAL

Tua ausência?
Eu a suporto como quem, estando viva, já morreu;
como folha seca que a árvore expeliu ao vento.

Eu a suporto como pesada cruz,
sem direito a Cirineu.

Tua ausência é um doer contínuo e latejante,
ferida profunda que ninguém vê,
sangue que escorre por dentro.

Tua ausência é aridez permanente,
falência de ideais, tom opaco
dos meus olhos tristes.

É ausência de luz, falência de alegria,
derrocada de esperança,
alma turbada e abatida
sempre e tanto!

Sequer posso pedir que voltes,
Porquanto eu sempre soube
que nunca fui, não sou
e jamais serei
a dona do teu coração.

Fátima Irene Pinto

:: Postado por Mamãe às 15h05
::
:: Enviar esta mensagem

Imaginando os meus braços a tua volta
E os meus olhos pousados em ti
Dorme minha menina
Sentindo minhas mãos
Segurando as tuas mãos para você me sentir
Dorme o sono dos sensatos
Porque na insensatez e loucura da vida
Haverá sempre uma infinita espera
Dorme para se aconchegar em meu corpo
Como teu abrigo e teu alimento
Para a tua, a nossa solidão de séculos
Dorme para que em sonhos
Eu também te encontre
Já que estamos tão longe, agora.

Angela Lara

 

TE AMO MINHA MENININHA... 

 

:: Postado por Mamãe às 19h12
::
:: Enviar esta mensagem

 

Esse lindo poema é de autoria de um estimado amigo de trabalho, a primeira vez que li fiquei encantada, emocionada pois todos sabemos que a partida é inevitável, mas como seria menos penosa se se ela fosse "plena de preguiça, um desconsiderar à pressa"... para que o momento da presença fosse eterna e que não existisse a saudade da presença e sim dos momentos vividos....

Obrigada Dr. Djalma por permitir que compartilhe o seu lindo e profundo poema...

 

PARTIR

 

A hora de partir

Deveria ser sempre

Plena preguiça

Um desconsiderar

À pressa

 

Deveria ter atraso

De todos os relógios,

E dos tempos a vir...

 

Os momentos

Em beijos e abraços

Deveriam se eternizar

Para que o encontro

Não se desfizesse

 

Pura ilusão:

Uns vão

Outros ficam

Todos construindo

Saudade...

 

Autor: Dr. Djalma Cano

 

:: Postado por Mamãe às 12h49
::
:: Enviar esta mensagem

Minha vida sem você
Parece que não tem muita razão de ser
O tempo passa devagar
Seguindo lentamente
Pra nenhum lugar
Não consigo te esquecer
Você não sai da mente
Nem do coração
Não aceito te perder
A vida sem você é fria
É solidão...
Mais um dia vem
Outra noite vai
Meu amor preciso lhe dizer
Que não tenho paz
Já chorei demais
Não agüento a vida sem você
Então volta amor...
Volta para os braços meus
Pra nunca mais dizer adeus

 Música: Não consigo te esquecer (Adriana Ribeiro)

Brigo, luto, choro por você,
só não aceito o luto de te perder.

 

 

“Essa tristeza em meu olhar
traz uma saudade em meu viver
é a tua lembrança que se traduz
nessas lágrimas por não te ver.”

:: Postado por Mamãe às 09h05
::
:: Enviar esta mensagem

Mamãe Saudosa:
PRISCILA


&

Princesa Amada:
VICTORIA

*20/03/05+








Estão nos visitando neste momento:
amigo(s) online


Visitantes:





Links de amigos

:: Altar da minha Victoria - Acenda uma velinha
:: Grupo Mamães de Anjinhos
:: Eterna Roberta (blog da tia da Vic)
:: Neyla - Tributo ao Caio
:: Déia e Isabelle
:: Iumara - Só Faltava Você
:: Renata - Eternamente Mãe
:: Dani e Arthur
:: Angela e Ana Júlia
:: Nana, Guto e Marcellinha
:: Carla e Rafael
:: Cris e Tomás
:: Roberta e Viktor
:: Encontro com a Luz
:: Leve os beijos meus...
:: Meus filhos, minha vida
:: Desejando um anjo...
:: Jane
:: Carol
:: Silvia - Guilherme e Ingrid
:: Adri Terres
:: Rafaela Pri
:: Ale anjinha Eduarda
:: Ellen e Rafaela
:: Cris e Antonio
:: Camila
:: Sônia e anjo Bruno
:: Blog da Kátia
:: Dora e Gabriela
:: Deia e Isabelle
:: Fabrine e anjo Caroline
:: Liliane - Anjos em minha vida
:: Taciana e do anjo Davi
:: Bianca e Giulia
:: Seu bebê - Fotos tiradas pelo Dr. Gustavo Neppe
:: Déia - Mãe de Anjinhos
:: Gi, Matheus e Marcela
:: Dri Terres e Luana
:: Luana e Isabelle
:: Roberta e Coraçãozinho
:: Rosana e Eric
:: Rogério e anjo Felipe
:: Rosa e bebê
:: Rafa e Agnes
:: Michelle e Davi
:: Andrezza e Letícia
:: Apoio Mãe
:: Dora e Isabela
:: Mara Casanova
:: Rafa e Agnes 2

Votação

Dê uma nota para meu bloguinho

..:: INDIQUE ESSE BLOG ::..

01/03/2018 a 31/03/2018

01/11/2015 a 30/11/2015

01/03/2014 a 31/03/2014

01/05/2013 a 31/05/2013

01/03/2013 a 31/03/2013

01/12/2012 a 31/12/2012

01/04/2012 a 30/04/2012

01/03/2012 a 31/03/2012

01/10/2011 a 31/10/2011

01/09/2011 a 30/09/2011

01/06/2011 a 30/06/2011

01/03/2011 a 31/03/2011

01/01/2011 a 31/01/2011

01/06/2010 a 30/06/2010

01/03/2010 a 31/03/2010

01/12/2009 a 31/12/2009

01/11/2009 a 30/11/2009

01/03/2009 a 31/03/2009

01/10/2008 a 31/10/2008

01/09/2008 a 30/09/2008

01/08/2008 a 31/08/2008

01/07/2008 a 31/07/2008

01/06/2008 a 30/06/2008

01/05/2008 a 31/05/2008

01/04/2008 a 30/04/2008

01/03/2008 a 31/03/2008

01/02/2008 a 29/02/2008

01/01/2008 a 31/01/2008

01/12/2007 a 31/12/2007

01/11/2007 a 30/11/2007

01/10/2007 a 31/10/2007

01/09/2007 a 30/09/2007

01/08/2007 a 31/08/2007

01/07/2007 a 31/07/2007

01/06/2007 a 30/06/2007

01/05/2007 a 31/05/2007

01/04/2007 a 30/04/2007

01/03/2007 a 31/03/2007

01/02/2007 a 28/02/2007

01/01/2007 a 31/01/2007

01/12/2006 a 31/12/2006

01/11/2006 a 30/11/2006

01/10/2006 a 31/10/2006

01/09/2006 a 30/09/2006

01/08/2006 a 31/08/2006

01/07/2006 a 31/07/2006

01/06/2006 a 30/06/2006

01/05/2006 a 31/05/2006

01/04/2006 a 30/04/2006

01/03/2006 a 31/03/2006

01/02/2006 a 28/02/2006

01/01/2006 a 31/01/2006

01/12/2005 a 31/12/2005

01/11/2005 a 30/11/2005

01/10/2005 a 31/10/2005

01/09/2005 a 30/09/2005

01/08/2005 a 31/08/2005

01/07/2005 a 31/07/2005

01/06/2005 a 30/06/2005

Visitas

Créditos

Todos os direitos reservados ©